Acomodação

A Ozzy entende que a casa de família (homestay) é a melhor opção de acomodação para o estudante brasileiro que chega na Austrália, pois além de ser um ambiente onde só se pratica o inglês, proporciona a oportunidade de vivenciar o dia-a-dia de uma família australiana (ou adaptada ao cotidiano australiano). Mas há outros tipos de acomodação que, dependendo do propósito da viagem, talvez sejam mais indicados.

Share accommodation

É a forma mais comum na Austrália. O aluguel é cobrado por semana. Tenha certeza de que você entende o que está pagando para evitar futuros problemas.

Backpackers

É uma opção mais barata, mas terá que dividir o quarto com outras pessoas, além de dividir a cozinha e o banheiro. Aconselhável pra quem vai ficar pouco tempo em cada lugar.

Pousadas (lodges):

Boa opção para quem quer um ambiente mais tranquilo e seguro. É um pouco mais cara, mas você pode escolher ficar sozinho ou acompanhado de quem conhece.

Se quiser alugar o seu próprio apartamento, em cada bairro existe pelo menos uma imobiliária oferecendo apartamentos e casas. Visite todas, pois cada uma trabalha com uma lista diferente de imóveis. Como há muitas pessoas procurando um mesmo apartamento, tenha boa apresentação e leve pelo menos duas referências de pessoas australianas, além de um comprovante de renda ou carta de suporte finaceiro, pois isso facilita na hora da aprovação. Sábado é o dia com mais anúncios no jornal.

Guarde bem esta palavra, pois você vai ouvir muito: Bond.

Bond é o seguro que você paga equivalente a 4 ou 6 semanas de aluguel. Este seguro é retido pelo dono da casa e será devolvido se nada estiver quebrado ou danificado quando você sair.